Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 18 de junho de 2017

Operação Sossego apreende 12 equipamentos de som em Fortaleza


Operação Sossego apreende 12 equipamentos de som em Fortaleza. (Foto: Divulgação/SSPDS)

Doze equipamentos de som foram apreendidos e 22 autos de infração foram expedidos na noite de sexta-feira (16), durante a quarta etapa da Operação Sossego. A ação é realizada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em parceria com a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e tem o objetivo de conter as ocorrências relacionadas a transtornos ao sossego alheio, como a poluição sonora.

Cinco equipes volantes de fiscalização, acompanhadas de agentes de segurança da SSPDS, circundaram imóveis localizados nas Áreas Integradas de Segurança 5, 6 e 9, que correspondem a bairros como Parquelândia, Antônio Bezerra, Maraponga e João XXIII. Cerca de 140 pessoas participaram das ações de vistoria e orientação sobre o excesso de volume de sons em imóveis e automóveis.

A operação acontece desde o dia 26 de maio, tendo sido realizada em outras três ocasiões. Até o momento, foram expedidos 100 autos de infrações a estabelecimentos que apresentaram irregularidades com a lei, além de 46 apreensões de equipamentos de som, 26 notificações e um embargo a estabelecimentos e uma prisão por tráfico de drogas.

Denúncias

O início das Operação Sossego foi motivado pelo alto número de denúncias recebidas pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) em relação à perturbação do silêncio. Entre janeiro e abril de 2017, foram registradas cerca de 16.071 ligações diárias, culminando em 3.695 ocorrências, das quais 453 foram por perturbação do sossego alheio.

Durante os fins de semana, percebe-se um aumento em 60% no total de ocorrências envolvendo poluição sonora, com até 1.500 denúncias, conforme expõe a SSPDS.

De acordo com o artigo 3º da Lei nº8.097 de 02 de dezembro de 1997, entre as 6 e as 22 horas há um limite de 70 decibéis para nível máximo de som em um imóvel, medidos a dois metros dos limites do local onde ocorre a emissão sonora, , enquanto no período noturno, compreendido entre as 22 e as 6 horas, o nível máximo de som permitido cai para 60 decibéis. 


Fonte G1 Ceará

Tristeza: Vídeo da última apresentação de Eliza Clívia antes do acidente comove fãs nas redes sociais


Eliza Clívia ao lado do sanfoneiro Nivaldo Cândido três horas antes da morte
Eliza Clívia ao lado do sanfoneiro Nivaldo Cândido três horas antes da morte Reprodução/Instagram


Um vídeo da última apresentação da 
ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró Eliza Clivia Clívia, morta na sexta-feira (16), em um acidente de trânsito, tem comovido fãs nas redes sociais. A gravação, que já totalizou mais de 434 mil visualizações, 7 mil curtidas e o mesmo tanto de compartilhamento, mostra um compilado de como foi o programa da TV Aperipê, emissora pública afiliada à TV Cultura, em que a artista apareceu ao lado do sanfoneiro Nivaldo Cândido.

O vídeo foi compartilhado por um usuário do Facebook identificado como Clovis Macêdo e gravado minutos antes da morte da cantora. No acidente morreu também Sérgio Ramos, namorado de Eliza e baterista da banda. No post da gravação, Clovis engrandeceu a artista.
  
Os fãs que assistiram ao vídeo lamentaram a morte da cantora.

Muito triste.

Meus sentimentos a toda família.

O Brasil está triste.