Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Secretaria da Saúde alerta para presença de focos de peste bubônica em 42 cidades do Ceará


A Secretaria da Saúde do Ceará emitiu alerta para presença de focos de peste bubônica e pneumônica em 42 cidades do Ceará. O última caso da doença confirmado no estado ocorreu em 2005, na cidade de Pedra Branca.

Conforme o alerta da Secretaria, os focos de peste são comuns em áreas de alta altitude, com temperatura mais amena, ar mais úmido e vegetação e fauna específicas.

No Ceará, as áreas de importância para a vigilância da peste são Serra da Ibiapaba, Serra de Baturité, Serra da Pedra Branca, Serra do Machado, Serra das Matas e Serra de Uruburetama e Chapada do Araripe.

Ainda conforme a Secretaria da Saúde, as cidades nessas regiões têm focos da peste porque na mesma área há o agente patógeno e o animal hospedeiro (o rato) da peste, que pode repassar a doença para o homem.

"A persistência desses focos deve ser considerada uma ameaça real e permanente de acometimento humano nessas regiões, que pode estender-se para outros lugares, inclusive centros urbanos, tornando-se imperativo que os técnicos de saúde estejam preparados para lidar com o problema", diz o alerta.

Sintomas

Peste bubônica:  Mal-estar;  Abatimento; Dor de cabeça; Dores no corpo; Vômitos; Pulso acelerado;  Arrepios de frio; Febre alta e Bubões

Peste pneumônica: Arrepios de frio; Dor de cabeça intensa; Delírio ou prostração absoluta no leito e  Respiração ofegante.



Fonte: G1

Governo do Ceará promove 625 policiais militares e bombeiros


O Governo do Ceará promoverá 625 policiais militares e bombeiros nesta quarta-feira (14), em cerimônia no Centro de Eventos do Ceará. Os agentes foram beneficiados pela de promoções das corporações que sancionada em 2015.

Os profissionais estão inseridos na modalidade Promoção Requerida, que beneficia os militares que completam 30 anos de carreira e entram para a reserva com um posto acima do que ocupavam. As promoções foram dadas para 573 PMs e 52 bombeiros militares.

A lei de promoções instituiu um fluxo regular e automático na carreira dos servidores. O projeto eliminou o fator que limitava o número de vagas para ascensão na carreira. Com a aprovação da lei, quem cumpriu o tempo mínimo de permanência no posto para ser promovido pode concorrer ao benefício.

Ao todo, 8.785 militares (8.075 policiais militares e 710 bombeiros) foram beneficiados desde 2015 com a nova lei.


Fonte: G1