Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 11 de junho de 2017

Simone e Simaria perdem processo para ex-fãs pernambucanos


Simone (à direita) e Simaria (à esquerda) no Villa Mix Fortaleza (Foto: Aurélio Alves/Especial para O POVO)

Um casal de pernambucanos vai receber R$ 3 mil de indenização da dupla Simone e Simaria. O 3º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo do Recife proferiu a sentença no dia 19 de fevereiro deste ano. As informações são do portal Diário de Pernambuco.

Segundo a publicação, o imbróglio judicial corria desde setembro do ano passado, quando os ex-fãs Pedro Bezerra, de 26 anos, e Renato Oliveira, de 29, moveram um processo por danos morais após se sentirem enganados pelas irmãs.

O casal se conheceu em 2014, durante um show de Simone e Simaria, em Caruaru. Depois de dois anos, os dois trocaram alianças em uma cerimônia inspirada na música “Meu Violão e o Nosso Cachorro”. De acordo ainda com o portal Diário de Pernambuco, após imagens da festa viralizar nas redes sociais, a produção das artistas entrou em contato com Pedro e Renato para agradecer a homenagem. Além disso, ofereceu duas entradas para uma apresentação em Gravatá, com direito a acesso ao camarim da dupla.

Os ex-fãs pernambucanos usaram o WhatsApp para negociar as cortesias com uma pessoa da produção. No entanto, o encontro do quarteto não ocorreu. O casal, que mora em Recife, viajou até o local do evento, mas foram impedidos de entrar.

Pedro e Renato acionaram a Justiça devido ao estresse, a frustração e os gastos com o deslocamento. Os dois solicitaram uma indenização de R$ 10 mil.

A defesa de Simone e Simaria alegou ao portal Diário de Pernambuco que o episódio se tratava de uma “simples frustração” e não precisava ser resolvida judicialmente. A favor dos pernambucanos, a 1ª Turma Cível do Colégio Recursal da Capital julgou o processo reduzindo a indenização para R$ 3 mil, apenas por danos morais.

A assessoria de imprensa de Simone e Simaria enviou à publicação pernambucana o comprovante de pagamento da indenização. Pedro afirma que não quer mais ouvir a voz “dessas mulheres” e que é muito triste esta situação, pois o casal era fã. “Elas nos decepcionaram”, disse Pedro em entrevista ao portal Diário de Pernambuco.

Confira vídeo
 


Fonte O Povo

TRAGÉDIA: Homem mata a esposa e depois comete suicídio no Sertão da Paraíba; polícia investiga se crime foi motivado por ciúmes.




Testemunhas informaram que mulher depois de ser atingida pelos tiros ainda chegou a ser socorrida pelo SAMU, mas morreu no Hospital Homem matou a esposa e depois cometeu suicídio.
Um crime de homicídio seguido de suicídio foi registrado por volta das 02:45h deste sábado (10) no município de Lagoa, no Sertão da Paraíba. O popular Luciano da Silva Custódio, de 38 anos, matou a própria esposa Francilene Custódio da Silva, de 31 anos e em seguida cometeu suicídio com um tiro de revólver Cal. 38 na cabeça. 
Testemunhas informaram que mulher depois de ser atingida pelos tiros ainda chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Regional de Pombal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu instantes depois. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Medico Legal (IML) em Patos para realização dos exames cadavéricos. A polícia civil está investigando se o crime foi motivado por ciúmes.

 DIÁRIO DO SERTÃO

Policial Civil reage a assalto e mata bandido em Fortaleza



post-feature-image

Uma policial civil sofreu tentativa de assalto e matou o criminoso na manhã deste sábado, 10, na avenida Miguel Dias, bairro Guararapes.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o fato ocorreu por volta das 10h30min, na avenida Miguel Dias.

Ainda segundo a nota enviada pela SSPDS, o suspeito, que estava numa motocicleta roubada, tentou assaltar a policial. Ela reagiu e atirou contra o assaltante, identificado como José Gilvanildo dos Santos Rufino, 21. O criminoso estava com uma arma de fogo falsa e morreu na hora. A policial civil se apresentou no 2o Distrito Policial, na Aldeota.
Créditos: O Povo Online